A Causa da Violência
(Filhos do Racional Superior)

Autor: Luiz Racional e Ricardo da Paz

​O verdadeiro / amor / é puro e perfeito /
A Cultura Racional / é da nova Era /
Espalhe o amor / abrace seu irmão /
O verdadeiro / amor / vem da razão /
Ninguém pode / ir / contra a mãe natureza /
Não existe nada como / a sua grandeza /
Se eu tenho sentimento / ela tem também /
O importante nesta vida é fazer o bem sem olhar a quem /

​Chega de guerra eu não aguento mais isso / quero desenvolver o raciocínio
Acordo cedo leio o meu Livro / Universo em Desencanto é o meu caminho
A natureza mudou seu ciclo / mil novecentos e trinta e cinco
Atenção ouça o que eu digo / segura tua onda relaxa que eu explico

Pensamento nasceu e morreu / e na matéria será sempre assim
A origem do mundo você esqueceu / o que tem princípio vai ter o seu fim
A natureza acabou o pensamento / alguns secou o sentimento
Não vacila não pare no tempo / a causa da violência é o fim do pensamento

​Racional raciocínio / falo com certeza /
é necessário / que você / preste atenção/
Ninguém sabia / que era / a natureza /
que dava o pensamento / e a imaginação/
Desde o tempo dos selvagens primitivooos /
ela comanda e domina o meu sentimento/
Abra os olhos / fique atento meu amigo /
a causa da violência é a paralisação do pensamento/

​Guerras no mundo desde sempre / pensando e imaginando ninguém se entende
O pensamento nunca foi consciente / te comanda e governa e você nem sente
Rapidamente mil coisas na mente / te conhece por fora e por dentro
Se o pensamento fosse acertar realmente / já tinha acertado há muito tempo

Pensamento sai da minha frente / você lapidou toda a humanidade
O certo aparente é o certo inconsciente / aparências enganam não são verdades
O pensamento confundiu e mentiu / desta forma cumpriu a missão
Idas e vindas me conduziu / nascendo e morrendo preso no chão

​O pensamento / é filho / da deformação /
cinza mofada / água parada / surge a bicharada/
Nunca soube a origem deste chão
Não existe nessa vida efeito sem causa
Racional / Raciocínio / é o verdadeiro tudo /
Deus não faria sofredores desse jeito
A origem deste mundo é o outro mundo /
Super Mundo Racional, limpo perfeito sem defeitos/

A matéria não é a vida verdadeira / rios de sangue escorrem dos jornais
Falência moral, física e financeira / mães assassinas, filhos iguais
Liquidação pra todo lado / será que é o fim dos tempos? Não!
Pisa direito fique ligado / a causa da violência é o fim do pensamento

A natureza está muito cansada / não alimenta mais a deformação
Ela cansou do tudo do nada / seus filhos tem que voltar à razão
A energia magnética e elétrica / inconscientes filhas deste chão
Energias desta vida patética / nunca souberam para onde elas vão

​Toda guerra / foi feita / pensando em acertar /
em fazer / os filhos / dos guerreiros sonhar/
Não existe / mistério / a causa é pensar /
por você ser diferente / então vão te matar/
Fraternidade / bondade / concórdia e amor /
ternura / carinho / e arrependimento /
A terra / somente / terá paz meu senhor /
com o raciocínio racional e o seu desenvolvimento/

​Nasceu neste mundo boa coisa não é / ninguém ama o próximo de coração
Falsidade é puta e impera no mundo / lapidando os filhos da deformação
Porque na matéria não há o que inventar / o tudo do nada será sempre assim
O que neste chão um dia reinar / cedo ou tarde vai ter o seu fim

Só por pensar diferente, andar diferente / vestir diferente, ser diferente
ninguém mandou não ser como a gente / assim vive o bicho inconsciente
Brigas, guerras, terror e discórdia / somente aumentaram o sofrimento
Vamos mudar esta nossa história / a causa da violência é o fim do pensamento

O verdadeiro / amor / é puro e perfeito /
A Cultura Racional / é da nova Era /
Espalhe o amor / abrace seu irmão /
O verdadeiro / amor / vem da razão /
Ninguém pode / ir / contra a natureza /
Não existe nada como / a sua grandeza /
Se eu tenho sentimento / ela tem também /
O importante nesta vida é fazer o bem sem olhar a quem /