Quem És Tu
(Filhos do Racional Superior)

Autor: Luiz Racional e Ricardo da Paz

Hoje eu me conheço, hoje sou feliz
Hoje levo a vida que eu sempre quis
Conheço você que ouve a minha voz
Vou te contar um segredo, não estamos sós

Fecha os olhos isso é música Racional
Som do nosso verdadeiro mundo natural
Minha voz diz coisas de origem superior
Salve todos os Filhos do Racional Superior

Essa música vem das estrelas e planetas
Essa música vem do Sol, da lua e do céu
Essa música transmite a energia perfeita
Obrigado por tudo senhor Manoel

Uma luz está brilhando nos três poderes
Uma luz prateada de origem astral
É a luz que comanda todos os seres
Minha voz irradia esta luz natural

Minha voz é Universo em Desencanto
Minha voz é cada verso que eu canto
Minha voz que você ouve é puro amor
Minha voz é Racional e me sinto melhor

Quero dividir com você minha felicidade
Estou em vida ligado à eternidade
Cantar pra você é algo transcendental
Perceba que esse som é bem natural

Salve o fluido poderoso que fala por mim
Tomara que a minha vida siga sempre assim
Obrigado por você chegar até aqui
Nesse balanço maneiro pra você curtir

Eu me conheço e falo com humildade
Este som veio lá da eternidade
Ouça minha voz perceba meu amor
Minha vida está nas mãos do Superior

Falo com humildade, não sobe pra cabeça
Universo em Desencanto é a base da letra
Falo Superior, pois eu me conheço
E o caminho eterno nunca mais esqueço

Fecha os olhos e sinta a verdade maior
Estrelas e planetas brilham de amor
Ouça o raciocínio despertar o universo
Na mais pura sintonia do mundo eterno

Foram as flores que inspiraram a canção
Sinta o perfume do amor na sua direção
Esse som é poderoso e vem lá do astral
Se ligue no bem e vença sempre o mal

Sorria e agradeça por estar me ouvindo
Sorria e agradeça por você estar vivo
Eu me conheço e irradio a alegria eterna
Eu me conheço e volto para vida eterna

Agradeço por você estar me ouvindo
Obrigado por você ser meu irmão
Essa vida deve ser vivida com raciocínio
Essa vida deve ser respeitada de coração

Quem és tu que a ilusão é tanta meu irmão
Incapaz de definir o seu eu com razão
Vem comigo irmão vamos levitar
Pra voltar pra casa tem que raciocinar

Minha vida de aparências nunca foi de verdade
Eu não conhecia a verdadeira realidade
Não sabia porque era animal Racional
Pensava que essa vida era algo natural

Eu não sabia porque a natureza era assim
Eu não sabia porque era um sofredor
Desconfiava que este mundo teria o seu fim
E por ser mortal a vida não tinha valor

Certas horas a vida tinha valor aparente
Tem valor, não tem valor? Tipo inconsciente
A vida foi discutida por milhares de povos
Quem nasceu primeiro, a galinha ou os ovos

Nunca descobriram o ponto real-positivo
E concluíram que a vida continuava outra vida
Sabiam que tinha outro mundo por trás disso
Que pra voltar pro nosso mundo tinha uma saída

Quem se conhece sabe tudo porque raciocina
Ninguém sabia se viemos do chão ou de cima
Nós viemos de cima ou viemos do chão?
Será que foi do macaco ou da costela de Adão?

Os mistérios da origem da humanidade
Reinavam na vida do pobre encantado
As histórias e contos tiveram necessidade
Pra mudar de selvagem para civilizado

Tudo somente parecia e assim a gente vivia
Mistérios, suposições e tudo vinha falhando
Eu não sabia que a Fase Racional existia
Eu não sabia do Universo em Desencanto

Eu achava que minha vida era verdadeira
Não sabia que o pensamento era a tristeza
Ainda não tinha chegado o terceiro ciclo
Ainda não tinha chegado a fase do raciocínio

O pensamento é como o sofrimento
Ele não é seu, vem de fora para dentro
Você piscou vem mil coisas na sua mente
Depois o vento leva e você nem sente

Hoje todos podem passar a se conhecer
O melhor da vida é saber o seu porque
A vida é boa pra quem já se conhece
Quem é Racional sua origem não esquece

Meu amigo raciocínio obrigado por tudo
Sem você eu não estaria vivo neste mundo
Cantando esta canção, melodia de amor
Agradeço por me levar ao mundo superior

Quando não me conhecia era sofrimento
Não sabia porque tudo era desse jeito
Eu vivia sorrindo pra esquecer de mim
Queria saber porque tudo era assim

Eu vagava no escuro procurando a verdade
E não tinha ninguém para eu conversar
Queria abrir a porta pra eternidade
Se não me dissessem não ia adivinhar

Hoje sei da verdade, não fico mais com medo
Sei que a vida eterna me espera lá em cima
Sigo em frente amando o próximo como a mim mesmo
Quem se conhece não pensa, mas sim raciocina

Eu vivia em São Paulo com a minha linda família
Hoje vivo no Rio com meus irmãos Racionais
Raciocinando com amor sigo a minha trilha
Leio Universo em Desencanto e vivo em paz