A Minha Vida
(Raul Quaresma)

A minha vida agora é um sorriso
Não sofro mais como sofria
Eu descobri que a verdade
É tudo que eu preciso
E não a falsidade em que eu vivia

Levava uma vida de aparências
Tal qual um falso sábio do alem
Mas não sabia o porquê
Da minha existência
E nem da existência de ninguém

Mas eis que encontrei toda a verdade
Lendo os livros de Cultura Racional
Agora adeus a vaidade
Adeus a ambição
Eu trago paz e amor no coração