Desencanto universal
(Ignorado)

Pra que viver num mundo de encanto
Se o pranto é o canto, nossa melodia
Detesta a vida, um dia quer a morte
Rir-se de noite pra chorar de dia

Agora, uma voz se faz ouvir
A voz do Racional Superior
Somente ele pode definir
Que existe um mundo eterno interior

O seu poder, poder dos poderes
Irá do norte ao último rincão
Vai dar à morte o poder da vida
Vai dar à vida o viver de irmão

Agora uma voz ...

Pra onde vamos não há guerra
Somente paz e amor
Com o Universo em Desencanto
No entanto
Não haverá pranto, nem dor

Agora uma voz ...

Pra onde vamos não há guerra
Somente paz e amor
Com o Universo em Desencanto
No entanto
Não haverá pranto, nem dor