Meu lugar não é aqui
(Orlando Dias)

Meu lugar não é aqui
Eu sinto que o meu lugar
É do lado de lá, é do lado de lá
Aqui eu só recebo decepção
Encosto em um rosto que causa desgosto
Que fere com a seta da ingratidão
Do lado de lá me esperam de braços abertos
Me beijam a face me enfeitam meu teto
E o tratamento é de irmão para irmão

Eu vejo em cada face um disfarce
Em casa riso um cinismo
Em cada olhar uma traição
No egoísmo a vaidade impera
Somos uma bicharada
É fera comendo fera.