Eu nada sei
(Zito)

Eu vim aqui, estou aqui
A procurar o meu lugar
De onde vim, pra onde vou
Por que vim aqui e como vou voltar

Sou um tudo de nada
Do nada sou tudo sem me conhecer
Eu nada sei sobre o meu ser
E vivo assim tão mal

Como um vegetal em forma de animal
Embora Racional sem saber por quê
Vivo a sofrer sufocado na mágoa
Dependendo da água pra poder viver

Já pesquisei tantas vezes
A filosofia e na ciência
Pra encontrar a origem do mundo
E o porquê da minha existência

E todos que vem guardando
Este mundo que é só aparência
Porque de verdade ninguém sabe nada
Tudo é balofestia e inconsciência

Mas afinal só do Astral
Vem a solução para a redenção
Do animal Racional
Tem a razão vivendo assim desconhecido
Do seu princípio e do seu fim